Fique por Dentro

Síndrome de Burnout

  A síndrome de Burnout ou Síndrome do Esgotamento Profissional é uma doença crônica, desencadeada estritamente pelo trabalho e sem relação com qualquer relação com fatores externos ao trabalho, como doenças mentais por exemplo. O entendimento atual é de que a síndrome é uma forma de acidente de trabalho em que o empregado tem direito ao auxílio doença acidentário, bem como a estabilidade de 12 meses.

A síndrome finalmente foi incluída na Classificação Internacional de Doenças da Organização Mundial da Saúde (OMS). A síndrome tem como principais sintomas: dores, cansaço, desânimo, apatia, falta de interesse, irritabilidade, alteração no sono e apetite e tristeza excessiva.

O hospital Albert Einstein explica que: “O distúrbio representa um desgaste no empenho e nas qualidades como autoconfiança, perseverança, dedicação. Muitas vezes a estrutura da empresa, a carga horária e o modo como os gestores conduzem a equipe não favorecem o melhor aproveitamento das competências dos funcionários.”