Fique por Dentro

FGTS: Entenda o saque anual e imediato

O governo anunciou em 2019 mudanças nas regras referente ao FGTS, dentro dessas regras, duas possibilidades para saque do fundo de garantia:

Saque Anual: a partir do próximo ano, 2020, terá a opção de realizar anualmente um saque de parte do FGTS, porém, em troca, não terá mais direito de sacar todo o dinheiro em uma futura demissão.

Saque Imediato: Já em 2019 ou 2020, o trabalhador terá o direito de sacar até R$ 500,00 por conta do FGTS ativa, emprego atual ou inativo, empregos antigos.

Ambas as possibilidades não contam como saque obrigatório, caso o beneficiado não opte por sacar, o dinheiro continuará na conta. Caso o beneficiado tenha mais de uma conta, poderá sacar normalmente de todas elas.

O dinheiro poderá ser recebido das seguintes maneiras: trabalhadores com conta poupança na Caixa, receberão o valor automaticamente em sua devida conta, o trabalhador que não é correntista da Caixa, poderá sacar o valor em datas pré-definidas pelo banco. Caso não for correntista e tiver o cartão cidadão, deverá sacar em caixa eletrônico.

Qualquer uma das possibilidades escolhidas, não haverá perda dos diretos de sacar toda a quantia casa haja uma demissão sem justa causa.