Fique por Dentro

Dezembro Vermelho – Prevenção ao HIV e à AIDS

 A campanha foi criada em 1987 pela ONU, porém, apenas em 1991 o movimento ficou mundialmente conhecido quando artistas de Nova York aderiram o famoso fitilho vermelho em que o intuito da campanha é mantido até os atuais dias.

Com o objeto de conscientizar a população sobre a prevenção e os tratamentos precoce contra o HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) e outros infecções que são sexualmente transmissíveis. Até o final de 2018, conforme dados da Secretaria da Saúde, foram detectados 635 casos de HIV e 261 de Aids.

Desde 1996, temos distribuição gratuita pela SUS (Sistema Único de Saúde) de medicamentos e desde 2013 o SUS proporciona o tratamento para todas as pessoas que vivem com HIV.

Conforme orientado pela SUS e Secretaria da Saúde, o tratamento pode ser como prevenção para as pessoas que possuem HIV, o método é eficaz para inibir a transmissão do HIV por vias sexuais.